Inovação e futuro

Descobri um jeito novo de ver televisão. Hoje (10.01.10) fez muito calor, e resolvi fazer o lanche da noite vendo vídeos no computador do meu escritório (sim, trabalho em casa) onde tenho ar condicionado. Como estava com minha mãe, procurei na Globo.com, vídeos do Fantástico, sobre amenidades … e encontrei matérias interessantes sobre um futuro que já chegou para alguns.

Vimos uma reportagem sobre feira de tecnologia mostrando televisão em 3 D com imagem de alta definição (sem os óculos específicos), computadores portáteis de enrolar, banda tocando em celular, videogames interativos, telas transparentes de computador projetadas em janelas, salas de aula onde a professora pode rotacionar a imagem, por exemplo do corpo humano, alunos escrevendo na tela com os dedos e tendo a tradução para uma outra lingua, como resposta do computador.

Telas interativas já estão em escolas em várias cidades do mundo, inclusive no Rio de Janeiro…

Hoje a tarde em um aniversário de família, brinquei com meu sobrinho de tocar uma guitarra de plástico que responde a impulsos de um videogame…No jogo que vi a pouco na tv, um helicoptero de brinquedo respondia aos comandos da tela. Era como se tivesse saído de lá.

 Um rapaz com uma câmara pendurada como um crachá, e sensores nos dedos, tira fotos enquadrando a imgem com as mãos e jogando depois diretamente na tela do computador. 

Vimos também tecnologias para os engarrafamentos. Carros com tv a cabo, acesso a internet,  escritórios com computador respondendo a comando de voz, lendo mensagem do twiter…

No programa de hoje mostraram um prédio inaugurado dia 4 de janeiro em Dubai mais alto que o Cristo…

E um São Paulo com sistema de identificação pela iris e elevador hidráulico surgindo no heliporto…

O futuro vai sempre estimular transformações para que possamos viver melhor. Já sabemos como transformar resíduos em energia ou novos produtos, já sabemos que precisamos construir procurando o equilíbrio entre desenvolvimento econômico, ambiental, social. Preservar florestas, construir em espaços já degradados, dissemir educação,  diminuir as desigualdades.

O bacana disso tudo é que há muito ainda por se fazer!

A tv pode ser um dos portais de disseminação de educação, hoje já representado pela internet, que serve também para protestar e pressionar por inovações coerentes com o desenvolvimento sustentável!

Lourdes Zunino

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: