Rio mais belo sem a Perimetral…e em breve mais engarrafado.

Sem duvida o elevado é feio, engarrafado, polui e faz mal. Claro que concordo que o Rio ficará mais lindo após demolição que começa em breve.

No site do Porto Maravilha li a reportagem: Porque demolir a Perimetral. E cita  “a Pesquisa Vida e Morte das Autovias Urbanas do Institute for Transportation & Development Policy (ITDP) apurou que 17 cidades dos Estados Unidos, da Europa e de países asiáticos já demoliram seus grandes viadutos.”

Sim, o instituto recomenda a substituição por transporte público e não por via expressa e túneis!

 

Olhem no mapa fornecido pelo site *, a via expressa, o binário e os tuneis – para automóveis, dominam o investimento (cerca de 6 bilhoes anunciados em 2010). Do armazém 7 até a rodoviária, trecho de via expressa, se atravessa como? A capacidade aumenta, incentivando os novos empreendimentos a terem muitas vagas nas garagens e em pouco tempo, tudo estará novamente engarrafado. É por isso que o ITDP fez a pesquisa para incentivar o transporte público. Ainda bem que teremos o VLT, trechos de calçadão e ciclovias. É a imagem que ilustra o texto sobre o aumento de capacidade.

Aproveito para levantar a discussão do tema poluidor pagador.
No caderno Morar Bem do Globo de hoje temos uma matéria sobre o Rio contemporâneo. São várias torres e grandes empreendimentos. Será que os empreendedores vão investir no VLT ou qq outro transporte publico de qualidade para atender aos novos usuários que lhes trarão lucro? Será que como o projeto de torre de escritórios recentemente premiado em Sidney, teremos vagas para 300 bicicletas com vestiários e duchas? Enquanto aumentam exemplos de boas práticas onde não ter vagas para carro passa a ser “descolado”, aqui nossa legislação emperra a execução de princípios mais sustentáveis. Se dá para fazer mais, por que não deixar um legado visando a mobilidade sustentável?

Continuo achando que os 2 bilhoes para demolição da perimetral podem ser investidos na transformação do monstrengo, com muito troco para projetos sociais por exemplo! Se não for para suporte do VLT, megaleve, monorail, metrô de superfície ou similar, uma imensa passarela jardim poderia render trabalho e renda para muitos dos jovens habitantes da Gamboa e Santo Cristo. Li na edição de agosto de 2011 da revista Porto Maravilha, que um projeto social que começou em 1997 com o Viva Rio, estava sendo retomado pela nova gestão do Porto: o projeto Jardineiros do Bairro que forma jovens de 14 a 17 anos…muito trabalho para os jovens formandos, menos poluição para os cariocas!

1.12.2012

Lourdes Zunino

* http://www.portomaravilha.com.br/web/sup/serObrMapaPer.aspx

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: