*Apresentação*

Hoje saímos do CONSEMAC – Conselho do Meio Ambiente da Cidade do Rio de Janeiro

A carta que explica nossa decisão e os vídeos da leitura de hoje (26.02.2013) durante a plenária estão abaixo:

 

Instituto de Estudos, Projetos e Pesquisas em Infraestrutura Ver Instituto de Estudos, Projetos e Pesquisas em Infraestrutura Ver

 

 

Postado em 26.02.2013

 

====================================================================================

Obrigado a todos que nos visitaram em 2012!!

Aumentamos mais de 50% o número de visitantes em nosso site. Foram mais de 45.000 de 99 países! Apesar das limitações que temos por falta de verba e tempo, temos nos empenhado em levar a maior quantidade de informação com a melhor qualidade sobre Cidades Sustentáveis e Resilientes para Pessoas em Harmonia com a Natureza.

Em 2013 esperamos poder fazer ainda mais. Esperamos que esteja sempre conosco!

Um excelente ano para todos! Que possamos juntos realizar mudanças efetivas para a qualidade de vida urbana de forma democrática e participativa para todos os moradores das cidades.

Equipe INVERDE

===================================================================================

No ano de 2012 temos muito o que comemorar:

  • Fechamos nosso 4o. Ciclo de Palestras com chave de ouro.
  • Organizamos o 3º. Curso “Infraestrutura Verde para Cidades Sustentáveis (com lista de espera para o primeiro semestre de 2013!!).
  • Participamos do Conselho de Meio Ambiente da Cidade do Rio de Janeiro, com cadeira em três Câmaras Técnicas e coordenando a de Monitoramento Ambiental.
  • Nossos trabalhos foram apresentados no URBIO 2012 em Mumbai na Índia, no mês de outubro, representado por Cecilia Herzog (presidente do INVERDE).
  • Participamos de evento paralelo da Rio+20 no  Solar da Imperatriza, Botânico, juntamente com a SMAC – Secretaria do Meio Ambiente da Cidade e o Instituto de Pesquisas do Jardim Botânico do Rio de Janeiro.
  • Organizamos a Roda de Conversa durante a Cúpula dos Povos, juntamente com a Geografia da PUC-Rio e a Oceanografia da UERJ, além de inúmeras Associações de Moradores.
  • Estivemos em inúmeros eventos, conferências e palestras levando nossas ideias e propostas.

EM 2013 TEM MUITO MAIS!! CONTAMOS COM SUA PARTICIPAÇÃO!

CARTAO-NATAL-2012-equipe

======================================================================================

Estamos atuando desde janeiro de 2009.

Assista ao vídeo de Cecilia Herzog, presidente do INVERDE sobre seu envolvimento nesse trabalho, até agora totalmente voluntário.

http://youtu.be/mgYnXK0UBYA

============================================================================

Navegue pela revista gratuitamente: TOPOS

E conheça mais sobre o nosso projeto RIO + VERDE: aqui

—————————————————————————————–

Atualmente mais da metade da população mundial vive em cidades, que são o hábitat do homem. Contudo os ecossistemas urbanos são insustentáveis, em sua maioria. Acumulam problemas de toda a sorte: enchentes, deslizamentos, poluição das águas, do solo e do ar, trânsito, perda de biodiversidade, geração e disposição inadequadas de resíduos sólidos (lixo), saneamento inadequado ou insuficiente, deficiência de habitação social, falta de urbanidade e de espaços para convívio, desconexão de seus habitantes com a sua própria subsistência e com os processos naturais, para citar alguns.

No momento estamos vivendo uma mudança de paradigma que impacta diretamente planejamentos e projetos urbanos, paisagísticos e arquitetônicos. Existe um novo paradigma que aponta para que os aspectos geo-biofísicos e culturais orientem o desenvolvimento das cidades, através da criação ou adaptação de áreas existentes em uma infraestrutura verde.

Consiste em um meio de organizar espacialmente ambientes urbanos apoiando um conjunto de funções ecológicas e culturais (Ahern, 2008). Para isso, é preciso ter uma visão sistêmica, em rede da paisagem, de seus fluxos e processos. O planejamento e projeto da infraestrutura verde demandam equipes inter e transdisciplinares, que devem trabalhar nas escalas da cidade/regional, da bacia hidrografia/bairro e local.

cinzaPalestras_abertura

A cidade do Rio de Janeiro apresenta características únicas. Sua paisagem espetacular é dominada por maciços cobertos por Mata Atlântica, com praias e lagoas litorâneas. Centro histórico-cultural do país. É também pólo de atração turística com reconhecimento mundial. Apesar de todos os atributos naturais e culturais, tem sofrido impactos severos em diversas áreas ao longo de sua história.

Para discutir esses e outros problemas, além de divulgar o conceito de sustentabilidade aplicado ao meio ambiente urbano e a importância de se realizar projetos urbanos de menor impacto humano e ambiental, foi criado o Inverde – Instituto de Pesquisas em Infraestrutura Verde e Ecologia Urbana – para cidades resilientes e sustentáveis. 

.

.

MISSÃO: educar e conscientizar os diversos atores da sociedade de que é possível construir cidades onde existe harmonia entre as pessoas e a natureza, através do conhecimento da ecologia urbana e da introdução de infraestrutura verde multifuncional em todas as escalas.

Inverde tem como objetivo principal sensibilizar e educar para a importância de se preservar a qualidade de vida na cidade, além de conectar os seus moradores com os processos naturais, valorizar a biodiversidade e os serviços prestados pelos ecossistemas, onde a Floresta da Tijuca tem um papel fundamental para uma vida saudável na cidade do Rio de Janeiro.

Inverde se formou depois da palestra “Infraestrutura Verde para uma Cidade Sustentável”, ministrada por Jack Ahern (PhD, FASLA, professor de planejamento da paisagem e paisagismo da Universidade de Massachussets, Amherst, EUA) no Parque Lage, em dezembro de 2008.

.Objetivos IN VERDE

Discutir e divulgar o conceito de sustentabilidade aplicado ao meio ambiente urbano;

Divulgar a importância de se realizar projetos urbanos de menos impacto humano e ambiental, visando à conservação dos recursos naturais e do ecossistema local;

Sensibilizar e educar para a importância sobre as possibilidades de melhoria sócio-ambiental da qualidade de vida nas cidades;

Propor soluções de infraestrutura verde e outras intervenções contemporâneas na paisagem urbana em busca de sustentabilidade e resiliência nas cidades;

Dar consultoria e assessoria a municípios em seus planos para se tornarem cidades sustentáveis;

Apoiar o Parque Nacional da Tijuca para que se torne um referencial em sustentabilidade com o exemplo aplicado ao seu próprio espaço, diminuindo assim significativamente os impactos ambientais sofridos em diversas áreas da Floresta e da própria cidade.

.Instrumentos IN VERDE

Palestras – sobre diversos temas relacionados com a sustentabilidade urbana.

Site – Publicamos artigos, trabalhos, e idéias relativos à sustentabilidade urbana e do planeta.

Plano Rio+Verde – Estamos desenvolvendo um plano abrangente que visa contribuir para a sustentabilidade e melhoria da qualidade de vida para a cidade do Rio de Janeiro.

Eventos – Aproveitamos datas especiais e outros acontecimentos para promover eventos que dêem visibilidade para o tema sustentabilidade urbana e do planeta.

Principios IN VERDE

“Não espere por líderes, faça sozinho, pessoa a pessoa”

-Madre Teresa

INDEPENDÊNCIA PARA TOMAR POSIÇÃO, QUESTIONAR, MOBILIZAR – ÉTICA

Trabalhar de modo independente de poderes e instituições públicas e privadas, com objetivo de pesquisar, propor e discutir soluções (alternativas) que venham a colaborar de forma isenta (não comprometida) para as questões de sustentabilidade nas cidades nas diversas áreas que impactam em seus processos.

MONITORAR AÇÕES PÚBLICAS E PRIVADAS RELATIVAS À SUSTENTABILIDADE URBANA

Criar parâmetros que indiquem como os projetos e planos implantados e propostos contribuem para a sustentabilidade urbana. Trabalhar com o “TRIPLE BOTTOM LINE” (John Elkington – Sustainability) parâmetros Economia, Social e Ambiental. (exemplos: áreas permeáveis que venham a ser modificadas, plantio de árvores, melhoria na implantação de energias limpas e renováveis, melhoria das qualidades das águas, mitigação de inundações e deslizamentos, etc.)

ARTICULAR DIFERENTES CAMPOS DO CONHECIMENTO

Trabalhar de forma inter e transdisciplinar com colaboradores de diversas áreas do conhecimento – acadêmicos, pesquisadores e profissionais.

ALERTAR PARA AÇÕES E IMPACTOS NEGATIVOS E DIVULGAR OS POSITIVOS

Divulgar para o grande público os diversos impactos negativos causados pelo “crescimento a qualquer custo” ou pela “economia. (buscar conexões com outras ONG’s, mídias tradicionais e alternativas, Associações de Moradores e demais grupos que possam amplificar as informações e notícias sócio-ambientais.

EDUCAR E SENSIBILIZAR SOBRE AS QUESTÕES RELATIVAS À SUSTENTABILIDADE

Através de palestras, cursos, seminários, exposições etc. A sustentabilidade não está nos outros e fora das cidades. Está presente em TODAS as ações de cada indivíduo em todos os ambientes urbanos.

ÉTICA SOCIOAMBIENTAL

Atuar sempre de acordo com compromissos que remetam à qualidade social e ambiental: potencial esgotamento de recursos; ameaças à biodiversidade; aumento das desigualdades sociais; consumo de bens e geração de resíduos incompatíveis com os recursos naturais finitos existentes nas cidades e no planeta.

.Quem participa IN VERDE

A atuação do Inverde conta com o conhecimento técnico e científico de profissionais com experiência nacional e internacional, nas áreas de arquitetura, paisagismo, urbanismo, administração, marketing, meio ambiente, educação e tecnologia, trabalhando de forma integrada e colaborativa em redes ao redor do mundo.

Equipe:

Cecilia Herzog

Superintendente geral

É paisagista ecológica, especialista em Preservação Ambiental das Cidades e mestre em Urbanismo, pelo PROURB-FAU-UFRJ.  Pesquisa sobre infraestrutura verde e ecologia urbana;  adaptação de cidades para que se tornem resilientes aos desafios causados pelas mudanças climáticas, assim como para a sua sustentabilidade no longo prazo. Com artigos publicados e participação em congressos e seminários no Brasil e exterior.

Lourdes Zunino

Diretora da Oficina de Conforto Ambiental. Se interessa por energias renováveis desde a graduação em Paris. Com mestrado em Conforto Ambiental pela FAU/UFRJ, escreveu apostilas didáticas e ministrou aulas sobre o assunto em diversas instituições e é coordenadora adjunta para Construções Sustentáveis do projeto de construção e compras públicas sustentáveis do RJ em parceria ICLEI (Governos Locais pela Sustentabilidade) e Secretaria de Estado do Ambiente (SEA). A partir do doutorado com tema sobre mobilidade sustentável no PET/COPPE, se interessa e passa a trabalhar com questões relacionadas à sustentabilidade.

Daniela Kussama

Arquiteta formada pela FAU/UFRJ, com Pós-Graduação em Arquitetura Ambiental (UGF) e diversos cursos e workshops transdisciplinares, envolvendo autoconhecimento, sustentabilidade, estilo e comunicação. Atua em Organização Criattiva (Ambientes | Estilo | Marca | Material). Acredita na autoconexão como forma de empoderar-se, descortinando o véu da ilusão para experenciar uma vida autêntica.

Alex Herzog

 Diretor da Associação dos Amigos do Parque da Tijuca – Amigos do Parque, é responsável pela área de Parcerias e Projetos. Participa de congressos, seminários e eventos nacionais e internacionais ligados à Sustentabilidade e Educação Ambiental. Formado em Administração de Empresas, é também Fotógrafo e Chef-Proprietário do Restaurante IN HOUSE Café-Bistrô.

Joanna Alimonda

 Publicitária formada pela PUC-Rio com especialização em comunicação corporativa. As responsabilidades ambiental e social sempre fizeram parte de sua ideologia de vida e estão refletidos nos seus trabalhos autorais de foto e vídeo. Acredita na união de pessoas para trabalhar na divulgação e realização de um mundo melhor de viver, com mais respeito aos indivíduos e à natureza.

Ana Cecilia Meirelles

 Arquiteta e Urbanista pela FAU/UFRJ, com mestrado pela mesma instituição abordando o tema “Arquitetura Sustentável”. Interessou-se cedo pelo assunto em cursos na Bélgica e EUA. Participa de fóruns e congressos, continua sua pesquisa com aproveitamento de viagens. Acredita na infraestrutura verde como uma das formas de preparar as cidades para as mudanças em curso no mundo.

Danielle Lindenmeyer

 Coordenadora de marketing da Associação dos Amigos do Parque Nacional da Tijuca. É responsável pela produção, organização, captação e gerenciamento de recursos para os eventos e projetos. Também por toda a área operacional da OSCIP. Formada em Marketing, é também fotógrafa dos eventos nas horas vagas. Acredita na união e força das pessoas para juntos melhorar cada vez mais o Rio e o mundo.

Anouck Barcat

 É paisagista, formada na UVA no Rio de Janeiro. Atua em jardins residenciais, condomínios e hotéis. Como francesa radicada no Brasil há 12 anos, viajante incansável, traz suas perspectivas dos acontecimentos em paisagismo no mundo afora. É apaixonada pelo Rio de Janeiro e pelo Brasil e sonha com um Rio + Verde.

Gisela Santana

Arquiteta, Urbanista, Mestre em Desenvolvimento Urbano e Regional pela UFPE, Doutora em Psicologia Social pela UERJ, Especialista em Restauração, Reabilitação e Reutilização em Arquitetura na França, em Planejamento Estratégico e em Coach . Foi Consultora do projeto de construção e compras públicas sustentáveis do RJ em parceria ICLEI (Governos Locais pela Sustentabilidade) e Secretaria de Estado do Ambiente (SEA), como assessora da vereadora Sonia Rabello,  participou do Conselho Municipal de Meio Ambiente. Atua nas áreas de planejamento urbano, ecologia, sustentabilidade, interação pessoa-ambiente e mudança comportamental. Acredita na informação, na educação  e na mobilização social como agentes transformadores.

 

Colaboradores:

André Andrade

 Gestor ambiental – COPPE e formado em Administração de Empresas – PUC-Rio. Conselheiro da Assoc. de Cultura e Meio Ambiente Tom Jobim, Fundador da Empresa “AR” Ambiente Responsável, especializada em gerenciamento de resíduos, projetos de reciclagem e gestão ambiental. Enxerga na multidisciplinariedade de profissões a força para os desafios ambientais e sociais que enfrentaremos a curtíssimo prazo.

Carolina Borges

Formada em desenho industrial pela PUC-Rio e com especialização em gestão estratégica de design pela ESPM. Trabalha com consultoria e design gráfico para várias empresas do Rio de Janeiro e São Paulo.  Acredita que através da colaboração de diversas áreas é possível construir um mundo melhor e mais sustentável.

Celina Lago

Arquiteta, cursando Pós-Graduação em Conforto e Edificações Sustentáveis, vem descobrindo o prazer de ser Arquiteta, reconhecendo a importância e responsabilidade dessa profissão. Projetos focados na saúde da Habitação e de seus moradores. Colaboradora do Jornal ”3º Milênio”. Envolvida com a equipe Núcleo IVE-URB acredita na mudança de paradigma através da divulgação e sensibilização da população.

Celina Llerena

Bioarquiteta, trabalha com projetos, consultorias e obras, indo do convencional ao eco-sustentável. Em 2002 fundou a EBIOBAMBU (Escola de Bioarquitetura e Centro de Pesquisa e Tecnologia Experimental em Bambu) passando a utilizar técnicas convencionais mescladas com alternativas, empregando materiais naturais e ecológicos, como: bambu, terra, fibras, recicláveis e especialmente coberturas verdes, proporcionando construções de baixo impacto ambiental, conforto térmico e baixo custo.

Eliane Sarmento

Arquiteta formada pela FAU-UFRJ. Fez curso de materiais ecológicos e tecnologias sustentáveis para arquitetura e construção no Instituto de Desenvolvimento da Habitação Ecológica e de Liderança Estratégica Sustentável do The Natural Step. Diretora de uma Equipe Multidisciplinar que desenvolve projetos sustentáveis. Visa contribuir para a construção de uma relação mais harmoniosa entre o ser humano e o meio ambiente.

58 Responses to *Apresentação*

  1. Eloisa Carvalho de Araujo disse:

    Parabéns a esta maravilhosa iniciativa que é o INVERDE!
    É indiscutível a contribuição de caráter acadêmico e prático…..
    Eloisa Araujo
    arquiteta urbanista

  2. olá anouck ! como vai!!! adorei seus progetos de paisagismo,vc tem uma mente brilante e abençoada,continue assim!vai nessa tua garra,vc tem sangue de carioca,batalhador até de baixo d`agua,gostei muito de ter trabalhado com vc em sata tereza na sua casa,não sei se lembra de mim,mas eu não me esqeci de vc,um forte abraço do aprendiz de jardineiro.

    • anouckbarcat disse:

      Ola Gerson, tentei responder ao teu email, mas ele voltou para mim…
      Que surpresa receber noticias suas atraves da Inverde??? Como isso aconteceu?

      Obrigada pelos elogios, agradeço muito.
      Fiquei muito feliz em vc entrar em contato, agora vc tem que me contar como esta indo tua vida?

      Nos saimos do Brasil em 2009, com o coraçao partido, para morar no Marrocos e agora na Tunisia (pais do Cyril). Ainda chorou de saudade, mais ver ser pro melhor.

      E mantenho laços fortes com o Rio, eu estive la á trabalho há umas duas semanas! E ainda vou voltar.

      Bem, agora me conta de voce.
      Abraços grandes

      Anouck

  3. Gisela, amada!
    Sou Grata ao Universo infinito pela sua participação neste lindo trabalho!!!!!
    transmita a todos meus sinceros PARABENS!!! O RJ também agradece!!!
    bjos no coração
    Myrian

  4. Olá Pierre, tudo bem?
    Muito obrigado pela visita e pelo toque. Você realmente está certo.🙂
    Abraço e voltarei mais vezes aqui também.

  5. Vânia Stolze disse:

    Parabéns à Inverde!
    Os projetos tem agregado valor e qualidade de vida ao nosso querido PNT, à cidade do Rio de Janeiro e ao Meio Ambiente.
    Contem sempre comigo, seja como apreciadora, divulgadora ou colaboradora!
    Abraços.

    • ceciliaherzog disse:

      Vânia,
      É muito bom saber que nosso trabalho colabora para a melhoria da vida na cidade.

      Contamos com você!

      Obrigada.
      Abraços,
      Cecilia

  6. Trajano Paiva disse:

    Cecilia,
    Excelente o trabalho da INVERDE.
    Obrigado pela colaboração com o nosso movimento também.
    Conte sempre conosco !
    Abs
    Trajano Paiva

  7. Welinton Naveira e Silva disse:

    A questão ambiental apesar de assunto sério, infelizmente, está longe de ser compreendida e devidamente assimilada pela maioria da população e autoridades. Muita coisa simples poderia ser realizada, sem maiores custos, mas de grande resultado para o meio ambiente, para a população e para o embelezamento da cidade. Estamos sempre assistindo a Prefeitura do Rio de Janeiro realizar permanente corte e pesada poda de árvores pelas ruas, avenidas e praças – muito raro a plantação de novas árvores. Ao longo das calçadas, e nas praças, são inúmeros os espaços vazios que poderiam ser ocupados por uma árvore, que além de tornarem a cidade bonita e mais humana, são importantes agentes de combate ao efeito estufa e regulagem do clima. Estamos sempre falando do velho desmatamento de nossas florestas, mas nunca percebemos a grande floresta que poderia ser plantada dentro das próprias cidades. Porque será que nem a Prefeitura nem a população ainda não perceberam isso?

    • ceciliaherzog disse:

      Olá Welinton,
      Que bom ouvir uma voz consciente para a importância da floresta urbana. Estamos realizando um trabalho justamente para conscientizar os cariocas das funções essenciais da infraestrutura verde urbana, e em especial na nossa cidade. Vamos movimentar os cidadãos cariocas e cobrar para que a cidade seja realmente uma “Cidade Verde Maravilhosa”, saudável e segura para seus moradores e visitantes.
      Abraço,
      Cecilia

  8. gostaria de acompanhar o trabalho

    • ceciliaherzog disse:

      Obrigada pelo seu contato, Monique.
      Estamos no Twitter. Assim, você pode receber as novidades.
      Dia 24 haverá a projeção de um documentário imperdível. Fique ligada, estará sendo divulgado aqui no nosso site, em breve.
      Abraço,
      Cecilia Herzog

  9. LAND 4US disse:

    Quero dar os meus parabéns ao vosso site.
    Contém comigo diariamente para vos visitar

  10. rosane cartier disse:

    adoraria ser informada sobre as atividades do inverde e de participar das palestras, tenho muita simpatia e confiança pelo trabalho de vcs,….e me coloco a disposição de repassar estas informações para o grupo a que participo e fiz formação este ano de 2009 o GAIA – Design em Sustentabilidade.
    Um abraço a todos,
    RÔ CARTIER

    • Lourdes Rosa disse:

      Oi Rô,
      Que bom que vc está disposta a ajudar na divulgação dessas idéias que cada vez tem mais adeptos.
      Quanto as palestras, basta entrar no site de vez em quando. Estamos nos organizando para 2010 e como proposto no início dessa página, aceitando colaborações!
      Abraços

  11. Ivete disse:

    Amigos do Inverde,

    Estou participando da equipe que vai inaugurar em fevereiro uma Biblioteca Parque na comunidade de Manguinhos. O projeto é muito bonito e pretende ser transformador de corações e mentes. Estou orgulhosa de estar participando e principalmente de poder contar com a participação de Marta Porto, como gestora e orientadora.

    O que acho fundamental num primeiro momento é estabelecer desde o início uma relação com os moradores do entorno que privilegie o respeito e a promoção da qualidaxe de vida. Temos problemas graves em manguinhos quanto ao meio-ambiente, coleta de lixo inexistente, poluição em todos os níveis. O espaço onde está a Biblioteca é rodeado por uma grande escola,um parque olímpico, uma UPA e 460 apartamentos – obras do PAC – teremos, num cálculo por baixo, uma circulação de 2.500 pessoas por alí. Precisamos nos educar para manter o local como está hoje – limpo, cuidado, com um paisagismo simples mas bonito. Gostaria de organizar , com voces, cursos, palestras, conversas, trocas, para encontrarmos juntos soluções para esta população. Meus telefones são : 2333-1370 / 9838-9673.

    Trabalho na Secretaria de Cultura, no centro da cidade mas estou sendo transferida para Manguinhos, a meu pedido, a partir de janeiro.

    Vamos conversar mais ?

    um abraço e parabéns pelo site, pelos projetos e pelos sonhos.

    Ivete Miloski

  12. Rebeca Duque Estrada disse:

    Olá gente, parabéns pelo tarbalho!!!
    Sou aluna da FAU-UFRJ, e estou procurando um curso de sustentabilidade, mas nao que só aborde temas e conceitos superficiais e conhecidos, e sim com temas mais aprofundados e com mais conteúdo.
    Vocês tem alguma dica??
    Obrigada
    Rebeca Duque Estrada

    • Erian disse:

      Olá Rebeca.

      A ong Terra Una em parceria com o Jardim Botânico realizou pela primeira vez o curso Educação Gaia de agosto a dezembro de 2009.
      Ano que vem vai repetir. Um curso completo em 4 dimensões do ser humano: Social, Ecológico, Econômico e Visão de Mundo.

      Educação Gaia é um curso inovador que capacita profissionais a desenvolverem soluções criativas e eficientes para a complexa crise de sustentabilidade vivida hoje em nossa sociedade, buscando contribuir para as mudanças necessárias à transição urgente rumo a uma cultura mais sustentável e pacífica que o século XXI demanda. (…)

      O programa tem o endosso intelectual da UNITAR – Instituto para Treinamento e Pesquisa das Nações Unidas – e é uma contribuição oficial para a Década de Educação para o Desenvolvimento Sustentável – 2005-2014 da ONU.

      Lançado em 2005, o Educação Gaia vem acontecendo anualmente em mais de 18 paises.

      No Brasil, através de uma parceria com a Secretaria do Verde e Meio Ambiente, a Prefeitura de São Paulo vem oferecendo o curso gratuitamente há 3 anos, possibilitando a formação de mais de 320 designers de sustentabilidade em todo o Brasil. (…)

      Saiba mais: http://www.terrauna.org.br

      Um abraço,
      Erian
      erian@ondazul.com.br

      • Oi Erian,
        O conteúdo do programa do curso Educação Gaia vai de encontro com o que acreditamos ser um bom caminho na busca da sustentabilidade. Vamos ficar antenados para divulgar os próximos cursos.

        Já conhecia a Fundação OndAzul que também tem projetos educativos ambientais, além de pesquisas para desenvolvimento sustentável de diversas comunidades e proteção da biodiversidade. Super parabéns!

  13. Rebeca Duque Estrada disse:

    Olá equipe do inverde, parabéns pelo trabalho de vocês, sempre entro no site para estar por dentro dos assuntos do momento….
    Sou estudante do 5º período da FAU-UFRJ e estou querendo fazer uns cursos interessantes na área de sustentabilidade e suas relações diversas com a arquitetura.
    Estou buscando um curso que vá além de conceitos mais superficiais e conhecidos de sustentabilidade e entre mais em alguns assuntos com profundidade e foco.
    Se vocês souberem de alguma coisa interessante para me indicar, agradeceria muito.

    Beijos a todos
    Rebeca Duque Estrada

    • Lourdes Zunino disse:

      Oi Rebeca,
      Estamos organizando uma estrutura também para cursos em 2010.
      Cursos que aprofundem conceitos de sustentabilidade aqui no Rio, só conheço de pós graduação. A Anab que é de São Paulo, montou uma edição de curso aqui no Rio em 2007 para profissionais, tendo outro lhe aviso. Ou o nosso, vamos ver o que acontece primeiro.
      Continue nos visitando!

      Abraços

  14. Simara Guzzo Elias disse:

    Acabei de receber o e-mail do “amigosdoparque” com divulgação da próxima palestra e com o site de vocês. Fico muito contente com iniciativas assim! Uma pena que eu não pude ir na palestra da qual nasceu o projeto; deve ter sido maravilhosa, já que impulsionou tal iniciativa. Parabéns pelo belo trabalho!

    Abraços a toda equipe.

    Simara Guzzo Elias
    (graduanda da FAU-UFRJ)

  15. Claudia Grangeiro disse:

    Venho acompanhando o trabalho do grupo, desde um contato da Cecilia e da Anouk no IPP em maio deste ano.

    De lá pra cá, muita coisa mudou, o trabalho avançou, a divulgação dos conceitos, a apresentação da proposta na IFLA semana passada…

    Hoje o Rio está diante de grandes desafios, tem impôrtancia ainda maior com a implementação do urbanismo ecológico e de infraestrutura verde em nossa cidade.

    A realização do Congresso da IFLA semana passada aqui em Copacabana ajudou a levantar a bandeira, com tantas experiências importantes sendo trocadas.

    Arquiteta e urbanista, trabalho com projetos urbanos no IPP (como gerente de mobiliário urbano e de paisagem urbana) há 15 anos e adoro que a consciência esteja crescendo e sendo cobrada das ações públicas.

    A participação da sociedade nos processos de melhoria da cidade, além de vibrante, fortifica a construção dos nossos sonhos.

    Compartilho e já sou uma divulgadora das palestras que vem acontecendo no Parque Lage.

    Contém com a minha colaboração, contarei com a de vocês também.

    Abs, Claudia Grangeiro

  16. Adriano Arpad Moreira Gomes disse:

    Tomei contanto pela primeira vez com o conceito de Infraestrutura Verde na palestra ministrada por Jack Ahern no Parque Lage e fiquei muito impressionado.
    Sou arquiteto, Pós-graduado em meio ambiente na COPPE/UFRJ, e atualmente presido a Associação Petropolitana de Engenheiros e Arquitetos onde estamos tentando discutir as questões ligadas a sustentabilidade de nossa cidade. Estamos começando aqui, por isso gostaria de trocar algumas idéias com esse grupo e tentar caminhar numa direção parecida.
    Obrigado,
    Adriano Gomes

  17. Jane Santucci disse:

    Prosseguindo: tomei conhecimento do trabalho do grupo na sessão pública da Câmara e achei a proposta muito interessante, pois corresponde as minhas reflexões. Sou formada em arquitetura, trabalhei em diversas obras públicas de caráter urbanístico, em projetos de paisagismo e como professora da disciplina na EBA/UFRJ e Universidade Santa Úrsula. Atualmente sou doutoranda em Planejamento Urbano do IPPUR/UFRJ e tenho me dedicado à pesquisa: História e Cultura Urbana. Gostaria de participar do grupo como colaboradora, em artigos, palestras e debates.
    abraço,
    Jane Santucci

  18. Jane Santucci disse:

    Parabéns pela iniciativa, desejo muito sucesso no trabalho que estão desenvolvendo. Gostaria de ser informada das atividades e palestras.
    Jane Santucci
    arquiteta e pesquisadora

  19. Murilo Medeiros disse:

    Boa tarde,
    sou Arquiteto e Urbanista, tendo trabalhado durante os últimos 21 anos no IPP (antigo IPLANRIO)como coordenador da Gerência de Cartografia e Geoprocessamento. Fui o autor da proposta de ampliação do PNT e tenho vários trabalhos e estudos na área de Urbanismo e Meio Ambiente. Gostaria de participar deste seleto grupo.
    Att,
    Murilo Medeiros
    Arquiteto e Urbanista.

  20. Mario Kussama disse:

    Danny parabéns e muito sucesso pelo site.

    A Equipe Inverde, hoje plantando sementes. Amanhã, com certeza, estará colhendo muitos frutos.
    Estou divulgando aos meus amigos. Logo, logo teremos mais e mais participantes.

    Em frente Inverde!

    Mario Kussama

  21. Maria josefa Restum Lopes disse:

    Dani
    Fico feliz de saber que tantos colegas estão preocupados e engajados nesta causa nobre.
    E principalmente por ter como objetivo sensibilizar. O ambiente agradece.
    Multiplicar estas idéias, no momento, penso ser de suma importância para a cidade e para humanidade.
    Vai auxiliar bastante o nosso trabalho. Vou divulgar.
    Parabéns!
    Beijos
    Maria Josefa

  22. Daniel Caixao disse:

    Parabéns, querida Danny!

    Sinto orgulho de ser seu amigo!
    Preciosa frente que todos vocês estão abrindo no Rio!!!

    Gratidão e Amor,
    Daniel Caixão
    http://www.danielcaixao.multiply.com

  23. Olá Daniela,

    Parabéns pela iniciativa. Acho que o Rio merece essa atenção e preocupação pelas questões ambientais e de sustentabilidade. Aproveito para informar que o Centro Brasileiro da Construção em Aço, tem papel relevante na divulgação e na promoção de ações em prol da sustentabilidade, com as contribuições da construção em aço nessa direção. Conte comigo e com o CBCA para divulgar as boas práticas da INVERDE em favor da sustentabilidade na construção civil, não só carioca, como também nacional.

    Eng. Fernando Matos
    Gerente da Qualidade
    CBCA / IABr
    http://www.cbca-ibs.org.br

  24. Luciana Anjos disse:

    Parabéns pelo início de mais uma oportunidade para melhorarmos nossa cidade.

    É a partir dessas atividades que começaremos a ampliar a ideia de sustentabilidade dos moradores do Rio de Janeiro.

    Conhecendo o trabalho de algumas pessoas desse grupo, já posso saber que só terão sucesso!!!!!

    Luciana Anjos

  25. Leo K disse:

    Parabéns e sucesso! Se já é difícil mudar os hábitos de uma pessoa (pergunte para um fumante), imagine mudar o modelo econômico de uma sociedade inteira. É preciso começar desde já, pois já estamos bem atrasados.

    Abraço a todos,
    Leo Kussama

    • Inverde disse:

      Obrigado pela sua mensagem, Leo!

      É isso aí. Estamos promovendo a sensibilização e discutindo alternativas sustentáveis para não só mudar o hábito das pessoas, mas sim proporcionar à elas uma vida saudável! Você é muito importante. Participe conosco!

      Até mais,
      Equipe Inverde
      inverde.mail@gmail.com

  26. Adriana disse:

    Quero parabenizá-los pelo grande trabalho que estão desenvolvendo!

    São com essas iniciativas que podemos contar com um mundo melhor, aberto às práticas conscientes e ambientalmente sustentáveis.

    Muito sucesso pra equipe!

    Com carinho,
    Adriana

  27. Inverde disse:

    Obrigado pela sua mensagem, Arnaldo!

    Contamos com o seu apoio para a construção deste mundo MELHOR!

    Até mais,
    Equipe Inverde
    inverde.mail@gmail.com

  28. Parabéns pela iniciativa e o desejo de ajudar na construção de um mundo melhor.
    abs,
    a.l.
    http://www.creb.com.br

  29. Gisela Santana disse:

    Parabéns pelas adaptações.
    Espero vê-los na próxima palestra.
    Um abraço,
    Gisela Santana

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: